E quando o tarô não traz previsões para um novo amor?

6/1/2017

 

Querer um amor, eu acho que todo mundo quer, mas acontece muitas vezes de alguém passar muito tempo em busca desse amor, procurando e infelizmente, não encontrando. Pela vida a gente tem a oportunidade de conhecer muita gente, se envolver, se relacionar, viver histórias e aprender, sim, aprender sempre. Durante esse caminhar pela vida passamos por fases amorosas, semelhantes as estações do ano: a primavera repleta de sonhos, romantismo e bem estar - é a época em que estamos nos relacionando em harmonia com a vida, com a gente mesmo e por consequência é o momento em que provavelmente estamos vivendo uma paixão e sendo felizes no amor também, mas também passamos pelo inverno quando nos remetemos aos sentimentos mais solitários, época de mais recolhimento e menos ardor e alegria.

 

Às vezes as pessoas passam por longos invernos que é quando ficam muito tempo sozinhos ou muito tempo em busca do amor e vai dando um desespero, uma falta de fé no futuro e se perguntam: será que eu ainda vou encontrar o amor da min ha vida?

 

Já aconteceu algumas vezes de numa consulta eu dizer ao cliente que não via chances de um novo amor surgir por um período bem longo de tempo, afinal, não tem jeito, eu digo o que as cartas mostram e de forma alguma vou iludir um cliente meu, mas eu busco me aprofundar nessa questão procurando entender junto com a pessoa quais os motivos que estão a levando a ficar tanto tempo no inverno e assim entender quais atitudes a pessoa precisa ter consigo própria para que o sol volte a brilhar.

 

Não adianta culpar amores passados, os pais, a vida... não, não, não! É importante ter a consciência de que apenas você é responsável por tudo que o universo te oferece e não adianta também vir com aquela conversa de que sempre fui tão legal, ajudei tanta gente, não mereço isso... - MERECE, SIM! Lamento te dar essa notícia, mas é a única verdade.

 

Quando o tarô não traz previsões para um novo amor eu convido a pessoa a refletir a respeito dos seus pensamentos e seu comportamento nos últimos tempos, muitas vezes as pessoas criam escudos mentais ou energéticos e desta forma impedem que outro alguém se aproxime. Isso acontece de forma inconsciente como uma forma de proteção, revelando o quanto essa pessoa tem medo de se envolver, medo de amar e se entregar. O engraçado é que quando digo a respeito dos escudos e dos medos, geralmente as pessoas negam dizendo que não sentem medo algum, muito pelo contrário, tudo que querem é que os outros se aproximem, contudo, quando começam a pensar melhor, rever seus comportamentos, concordam com os processos que as cartas mostram.

 

É preciso que algo seja feito para transformar as energias, pois lamentações, pensamentos negativos, medos, pensamentos repetitivos como: nunca vou encontrar alguém que me faça feliz, não tenho sorte no amor, todos os homens não prestam, as mulheres não se sentem atraídas por mim. ISSO TUDO TRAVA SUAS ENERGIAS PARA UM NOVO AMOR.

 

Você quer realmente encontrar o grande amor de sua vida? Comece amando a si mesmo! Sim, porque o amor acontece de dentro pra fora. Se você se ama, se sente valorizado(a) e assim sendo, acredita ser merecedor(a) de tudo que tenha tanto valor quanto você tem. Se você acredita ser inteligente, vai desejar e atrair alguém inteligente, se você acredita ter ótimo caráter, vai desejar e atrair alguém com caráter semelhante ao seu. SEMELHANTE ATRAI SEMELHANTE.

 

A partir do momento que se compreende essa dinâmica do universo, o amor, com certeza, vem!

 

 

Drika Gomes

Taróloga e numeróloga

 

 

Please reload

Posts Recentes

March 22, 2019

March 13, 2019

December 18, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square